Janet Jackson apoia trabalhos do Unicef na região do Sahel

6 junho 2013

Em anúncio público, a artista lançou um apela à ação e proteção de 1,4 milhão de crianças que sofrem de malnutrição severa; seca crónica e aumento dos preços alimentares também afetam a região africana.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A cantora norte-americana Janet Jackson empresta a sua voz para apoiar trabalhos de assistência humanitária do Fundo da ONU para a Infância, Unicef.

Seis vezes vencedora do Grammy, a estrela chama a atenção para as condições de vida de 1,4 milhão de crianças que sofrem de malnutrição severa na região africana do Sahel.

Emergência Silenciosa

Jackson gravou para o Unicef uma mensagem pública, que está a ser divulgada no site da agência da ONU e em redes sociais como o Twitter e o Facebook.

A cantora afirma que “todos estão a enfrentar uma emergência silenciosa” e lembra que “muitas crianças correm risco de perder a vida no Sahel porque não têm o que comer”.

Ajuda Imediata

Janet Jackson pede ação imediata para a proteção dos menores que sofrem de desnutrição, revelando que está a comprometer o seu “coração, amor e recursos” para o esforço.

Segundo a artista, com a ajuda das pessoas e a liderança do Unicef, será possível levar a mudança para as regiões da África Ocidental e Central.

Preços

Para este ano, a agência da ONU lançou um apelo de US$ 248 milhões para tratar as necessidades dos menores que sofrem com a seca crónica, o aumento do preço dos alimentos e os conflitos na região semi-árida do Sahel.

O foco do Unicef é fornecer ajuda imediata, incluindo comida, água potável e serviços básicos de saúde. No ano passado, a agência afirma ter sido possível salvar a vida de 800 mil crianças no Sahel, na maior intervenção da história da região, que englobou Burkina Faso, Chade, Mali, Níger e outros países.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud