Brahimi disse que Conferência sobre Síria não será realizada em Junho
BR

5 junho 2013

O representante especial da ONU e da Liga Árabe afirmou que ainda há muito trabalho a ser feito para realizar a reunião; objetivo do encontro é alcançar uma solução política para o país árabe.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O representante especial da ONU e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi, afirmou que a Conferência Internacional sobre a Síria não vai acontecer mais neste mês, como era esperado.

A declaração de Brahimi foi feita, esta quarta-feira, depois de reunião com representantes dos Estados Unidos e da Rússia, em Genebra.

Solução Política

Ele afirmou que os três lados concordaram que a solução política é a única opção possível para acabar com a crise síria e é extremamente urgente.

Segundo Brahimi, a catástrofe no país é alarmante. O representante da ONU disse ainda que há muito trabalho a ser feito para que a conferência seja realizada, mas espera que o encontro possa acontecer em julho.

Brahimi explicou que as Nações Unidas, a Rússia e os Estados Unidos continuarão discutindo o assunto e vão se reunir daqui a 20 dias, novamente, em Genebra.

ONU

Os três lados concordaram também que a Conferência será chefiada pelo Secretário-Geral da ONU, tendo ao lado os Estados Unidos e a Rússia, como países que iniciaram o encontro.

Brahimi declarou que o objetivo da reunião é alcançar uma solução política para a Síria através de um acordo compreensivo entre o governo sírio e a oposição.

Meta

A meta é a implementação do comunicado do Grupo de Ação, de junho do ano passado. O documento determina a criação, por consenso mútuo, de um órgão de transição de governo que terá pleno poder executivo.

Brahimi explicou que a Conferência começará com uma reunião de alto nível por dois dias, que incluirá participantes internacionais e delegações representando tanto o governo como a oposição síria.

Essa primeira parte do encontro será aberta pelo Secretário-Geral da ONU. Depois, Brahimi será o mediador das negociações entre as partes sírias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud