Ban saúda acordo de cessar-fogo em Mianmar
BR

31 maio 2013

Governo e Organização da Independência de Kachin firmaram plano de sete pontos e concordaram em estabelecer diálogo político; mais de 75 mil pessoas foram deslocadas desde o início dos confrontos, há dois anos.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O Secretário-Geral da ONU saudou o acordo firmado entre o governo de Mianmar e a Organização da Independência de Kachin, KIO.

Em nota divulgada na noite de quinta-feira, Ban Ki-moon diz se tratar de  “uma conquista significante que pode ser a base para um processo genuíno de reconciliação nacional.”

Deslocados

Segundo agências de notícias, o plano de sete pontos alcançado pelo governo e rebeldes inclui um cessar-fogo preliminar. Os dois lados concordaram ainda em estabelecer o diálogo político e discutir o reassentamento de mais de 75 mil civis, que estão deslocados desde o início dos conflitos, em 2011.

Ban Ki-moon elogia a liderança das delegações por sua coragem e perseverança e “espera que o acordo permita aos dois lados tratar das preocupações e necessidades das pessoas do estado de Kachin”, no norte do país asiático.

Negociações

Este foi o primeiro encontro dentro do país entre o governo de Mianmar e os rebeldes da KIO desde que os confrontos começaram, em junho de 2011. O representante de Ban, Vijay Nambiar, participou da reunião como observador da ONU, ao lado de grupos nacionais étnicos do país e de representantes da Embaixada da China.

Em janeiro, o governo havia anunciado um cessar-fogo unilateral, após três semanas de ofensivas contra os rebeldes de Kachin.

Um mês depois, as partes envolvidas nos confrontos tiveram um encontro de negociação na China, onde concordaram em diminuir a violência.

Na nota, o Secretário-Geral também destaca o apoio contínuo das Nações Unidas ao governo e rebeldes, enquanto os lados trabalham pelo fim dos conflitos e por um diálogo político compreensivo “que poderia levar a paz duradoura a Mianmar”.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud