Sobe para 37 o total de mortes após infecção com o vírus da gripe aviária
BR

29 maio 2013

Governo da China notificou a OMS sobre mais um caso de H7N9 em humanos; menino de seis anos vive em Pequim e seu quadro está estável.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

A China notificou a Organização Mundial da Saúde sobre mais um caso, confirmado em laboratório, de infecção humana com o vírus H7N9.

A nova forma da gripe aviária foi encontrada em um menino de seis anos, que vive em Pequim.

Rotina

Segundo a OMS, a condição da criança é estável. Até esta quarta-feira, a agência havia sido informada de 132 casos, incluindo 37 mortes. O governo chinês continua investigando as infecções pelo H7N9 e não há nenhuma evidência de transmissão de humano para humano.

A OMS ressalta que autoridades municipais começaram incluir operações de emergência dentro da rotina de vigilância e resposta ao surto. Até que a fonte de infecção seja identificada e controlada, a expectativa da agência é de que existam novos casos de pessoas com a gripe aviária.

De acordo com a OMS, não é necessária nenhuma restrição de comércio nem de viagens.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud