ONU aprova envio de mais de mil capacetes azuis para Abyei

29 maio 2013

Em resolução, Conselho de Segurança estendeu mandato da força da ONU até dezembro; relatório do Secretário-Geral aponta deterioração da situação de segurança na área disputada pelo Sudão e Sudão do Sul.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança aprovou, esta quarta-feira, o envio de mais 1,126 homens para o contingente da força da ONU encarregue de garantir a proteção e a segurança na área sudanesa de Abyei, Unifsa.

O número deve juntar-se aos cerca de 4 mil elementos já presentes na área, rica em recursos naturais e disputada pelo Sudão e o Sudão do Sul.

Fronteira

O reforço é justificado pela presença de grupos armados no interior da Zona de Fronteira de Desmilitarização Segura. Um relatório do Secretário-Geral ao órgão revela que tais formações “continuam a ser uma preocupação de segurança considerável” para o Mecanismo de Verificação e Monitorização Conjunta da Fronteira.

A recomendação de Ban Ki-moon foi feita num relatório que serviu de base para a extensão do mandato da Unifsa, até dezembro. No documento, Ban aponta a deterioração da situação de segurança na área.

Comunidades

Entre as causas do fenómeno, foi apontada a migração simultânea das comunidades Misseriya e o retorno dos rivais Ngok Dinka. Os movimentos teriam resultado num fluxo significativo da população.

Ban destaca que ambas continuam armadas, hostis e altamente desconfiadas, após conflitos que culminaram com o assassinato de um líder comunitário Ngok Dinka que agitou a região.

Rebeldes

A continuação da presença da polícia sudanesa que controla o petróleo em Diffra e a continuação dos rebeldes “Tora Bora” também foram apontados como preocupantes.

As limitações aos esforços para estabilizar a situação de segurança e humanitária incluem diferenças em torno da composição do Conselho de Área de Abyei. As divergências ditaram o impasse no processo de criação de instituições temporárias na área, referem as Nações Unidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud