Após ataque, Conselho de Segurança reitera preocupação com Talebã BR

Após ataque, Conselho de Segurança reitera preocupação com Talebã

Em nota divulgada neste domingo, órgão reafirma compromisso em combater atos terroristas; várias pessoas morreram e funcionários da ONU ficaram feridos no atentado de sexta-feira, em Cabul.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança divulgou neste domingo uma nota de condolência às famílias das vítimas de um ataque ocorrido no Afeganistão no dia 24. Segundo agências de notícias, pelo menos oito pessoas morreram após o atentado a um prédio filiado à ONU na capital do país, Cabul.

O grupo Talebã teria reivindicado a ação, que deixou quatro funcionários de agências das Nações Unidas feridos, um em estado grave.

Ameaças

Na nota, os países-membros do Conselho de Segurança reforçam “a séria preocupação com ameaças impostas pelo Talebã, Al Qaeda e grupos armados ilegais” à população local, forças nacionais de segurança, militares e assistentes internacionais.

O órgão ressalta a necessidade de levar à justiça aqueles que cometem, organizam e financiam “atos repreensíveis de terrorismo”. É feito um apelo a todos  os países para que cooperem com as autoridades afegãs neste sentido.

Estabilidade

O Conselho de Segurança também reafirma que “o terrorismo, em todas as suas formas e manifestações é criminoso e injustificável”,  e não “deve estar associado a nenhuma religião, nacionalidade, civilização ou grupo étnico”.

Para o órgão, “nenhum ato terrorista pode reverter o caminho do Afeganistão rumo à paz, à democracia e à estabilidade”. A nota destaca a determinação do Conselho de Segurança em combater qualquer ameaça à paz e segurança internacionais.