No Dia de África, ONU fala de expectativas de prosperidade e paz

25 maio 2013

Secretário-Geral  destaca que os países do continente estão em processo de crescimento; conflitos, degradação ambiental e necessidade de reforçar a infraestrutura e instituições apontados como desafios.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas disse partilhar das expectativas de uma era de prosperidade e paz em África, numa mensagem alusiva ao Dia da continente.

A data, celebrada neste 25 de maio, coincide com o 50 º aniversário da fundação da Organização de Unidade Africana, a primeira agremiação regional continental e precursora da União Africana.

Eventos

Na sede da entidade na capital etíope, Adis Abeba, Ban participa numa série de eventos organizados em torno do Jubileu de Ouro. Antes de seguir para os festejos, de Kampala, Ban disse que a sua mensagem seria clara.

O representante destacou que os países do continente estão em processo de crescimento com vista a atingir o seu potencial. Com vários desafios, Ban disse não haver razões para que conflitos na República Democrática do Congo e na região de Grandes Lagos não os deixem seguir o mesmo percurso.

Supervisão

Na capital etíope, o chefe da ONU reúne-se com líderes do continente para debater o mecanismo de supervisão para o acordo sobre a paz no país e na região.

Entre os progressos da última década a mensagem destaca o lançamento da Nova Parceria para o Desenvolvimento de África e no Mecanismo de Revisão de Pares. Para ele, as iniciativas ajudaram a promover reformas económicas, sociais, políticas e institucionais.

A União Africana também foi enaltecida por desempenhar um papel de liderança cada vez mais dinâmico na prevenção, gestão e resolução de conflitos em África através de paz renovada e arquitetura de segurança.

Aspirações

Apesar de países estarem a dinamizar o setor privado, Ban abordou grandes desafios como conflitos, a degradação ambiental e a necessidade de reforçar a infraestrutura e instituições.

O representante pediu mais esforços para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio. Entre eles estão a garantia da saúde materna em relação ao HIV/Sida e a mantutenção das necessidades e aspirações continentais no centro dos debates sobre a agenda de desenvolvimento pós-2015.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud