Mais uma pessoa morre na Arábia Saudita após infecção pelo coronavírus BR

Mais uma pessoa morre na Arábia Saudita após infecção pelo coronavírus

Organização Mundial da Saúde foi notificada pelo governo sobre a morte de um homem de 63 anos; até o momento, dos 44 casos em vários países, metade dos infectados morreu.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York. 

O governo da Arábia Saudita notificou a Organização Mundial da Saúde, OMS, sobre mais um caso de infecção pelo coronavírus, ou síndrome respiratória do Oriente Médio.

O homem, de 63 anos, vivia no centro do país e morreu cinco dias depois de ser internado no hospital. Segundo a OMS, as autoridades sauditas continuam investigando o surto, que começou em um centro de saúde em abril.

França e Alemanha

Até o momento, a Arábia Saudita identificou 22 pessoas com a infecção e 10 morreram. Mas a OMS recebeu confirmações de casos de coronavírus em outros países, como Jordânia, Catar, Emirados Arábes, França, Alemanha e Grã-Bretanha.

Em todo o mundo, desde setembro, a OMS foi informada de 44 casos de infecção, confirmados em laboratório, e metade dos pacientes com o vírus morreu.

Sem Restrições

A agência da ONU encoraja todos os países a continuar tendo atenção com infecções respiratórias agudas, especialmente em casos com sintomas incomuns.

A OMS destaca que apesar da epidemia, não é necessário fazer checagem especial de pessoas durante a entrada em um país, nem impor nenhuma restrição de viagem ou de comércio.