ONU marca Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia
BR

17 maio 2013

Em mensagem, Secretário-Geral diz que data ajuda a reforçar o trabalho constante da organização em combater o racismo e a promover a igualdade de gênero. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas comemoram neste 17 de maio, o Dia Internacional contra a Homofobia e a Transfobia.

A data tem o apoio da rainha Máxima, da Holanda, que está participando do Fórum Internacional sobre o tema, organizado pelo governo do país.

Proteção

Em mensagem, o Secretário-Geral da ONU disse que o Dia ajuda ainda a reforçar o trabalho constante da organização em promover igualdade de gênero e em combater o racismo.

Em entrevista à Rádio ONU, em Nova York, o especialista do Escritório de Direitos Humanos, Leonardo Castilho, falou sobre a importância do Dia na proteção da comunidade Lgbt, a sigla para lésbicas, gays, bissexuais e transexuais.

Parte Central

“Justamente é uma oportunidade fundamental para marcar a luta pela igualdade. Neste sentido, é importante considerar a discriminação que existe contra pessoas Lgbt no mercado de trabalho, escolas, serviços de saúde e  mesmo entre as famílias. Atualmente, no mundo, em 76 países, relações do mesmo sexo continuam sendo ilegais. E isso coloca a pessoa Lgbt numa situação de vulnerabilidade e insegurança, à prisão, a maus tratos só por conta do amor que eles têm.”

Para as Nações Unidas, a luta contra a homofobia é parte central de uma batalha maior pelos direitos humanos.

Ban Ki-moon chamou leis que criminalizam e punem a comunidade Lgbt de “draconianas”, e disse que as mesmas têm que ser substituídas por novas leis em harmonia com convenções dos direitos humanos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud