Perspectiva Global Reportagens Humanas

Felipe Massa diz que Brasil tem que melhorar infraestrutura de estradas BR

Felipe Massa diz que Brasil tem que melhorar infraestrutura de estradas

Piloto de Fórmula 1 falou à Rádio ONU, em Genebra, após apresentar simulador sobre a relação da tecnologia de informação com segurança nas estradas; evento comemora Dia Mundial das Telecomunicações e da Sociedade de Informação.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

A segurança nas estradas brasileiras passa também por mais melhorias na infraestrutura das rodovias do país.  A opinião é do piloto de Fórmula 1, Felipe Massa, que participou das comemorações nas Nações Unidas do Dia Mundial de Telecomunicações e da Sociedade de Informação, neste 17 de maio.

No evento, na sede da União Internacional de Telecomunicações, Massa apresentou um simulador para mostrar a relação das tecnologias da informação com segurança no trânsito.

Pedestres e Motoristas

Nesta entrevista à Rádio ONU, de Genebra, Felipe Massa afirmou que estradas mais bem estruturadas também ajudam na segurança de motoristas, passageiros e pedestres.

“A gente sabe que o Brasil, a infraestrutura tem muito que melhorar. Já melhoraram um pouco, mas tem um caminho gigante para melhorar. Acho que isso mostra a segurança, e os buracos na estradas, acho que tem tantas coisas para serem feitas ainda. Mas se a gente consegue fazer um pouquinho de cada coisa é muitas vidas que a gente consegue salvar no final.”

Mensagem

Durante a apresentação do simulador na ONU, nesta sexta-feira, Felipe Massa lembrou que os motoristas devem esquecer do celular enquanto estão dirigindo.

“Falar ao telefone, escrever mensagem no telefone, acho que isso é um problema muito sério porque você está causando um acidente e colocando em risco a vida de muitas pessoas. No final, é o que acontece na realidade. É o que acontece se você não seguir e fizer direito aquilo que você tem que fazer dentro da estrada das ruas. Você não pode esquecer que você não dirige só por você. Você dirige por outras pessoas que estão atravessando a rua pé.”

Em todo o mundo, os acidentes nas estradas matam mais de 1,2 milhão de pessoas, anualmente. No Brasil, o número de mortos é de 44 mil por ano.

Com o objetivo de prevenir acidentes e mortes nas estradas, as Nações Unidas estão marcando a Década de Ações para Segurança no Trânsito, que vai até 2020.

*Com reportagem de Ewandro Magalhães, UIT, em Genebra.