Ciclone em Bangladesh leva 1 milhão de pessoas a abandonar suas casas
BR

16 maio 2013

Mahasen começou a travessia pelo litoral sul do país asiático; pelo menos 12 pessoas morreram, segundo o governo bengalês.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em NovaYork.

Mais de 1 milhão de pessoas tiveram que deixar suas casas em Bangladesh por causa da passagem do ciclone Mahasen pelo litoral sul do país.

A tempestade tropical atingiu o distrito de Patuakhali, na quinta-feira, com ventos de até 100 km/h.

Situação

Segundo agências de notícias, o ciclone está se dirigindo ao porto deChittagong, perto da fronteira com Mianmar, a antiga Birmânia.

O Escritório de Assistência Humanitária das Nações Unidas, Ocha, disse que a evacuação das pessoas nas áreas birmanesas tem que ser feita antes da chegada do ciclone, prevista para esta sexta-feira.

O Ocha está preocupado com a situação em Mianmar, uma vez que muitos não foram retirados da área.

Solução

Nesta entrevista à Rádio ONU, de Bangcoc, a representante do Ocha, Kirsten Mildred, disse que a situação em Mianmar é crítica no estado de Rakhine.

A porta-voz afirmou que o estado de Rakhine é motivo de preocupação porque deve ser afetado por cheias geradas pelas fortes chuvas. Ela contou que agências humanitárias tentaram coordenar com o governo birmanês a evacuação, mas as autoridades não conseguiram chegar a uma solução.

Ela disse que umplanode emergência foi apresentado somente no fim de semana. E de acordo com os dados, 40 mil pessoas estariam sob risco, e muitas não querem deixar suas casas.

EmBangladesh, o governo informou que cerca de 4,1 milhões de pessoas estão em perigo nas áreas perto da fronteira com Mianmar. Foram montados mais de 1,4 mil centros à prova de ciclone para abrigar as vítimas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud