Grande produção de cereais vai bater recorde em 2013, diz FAO

9 maio 2013

A agência da ONU para a Agricultura e Alimentação, FAO, prevê uma maior produção global de cereais para 2013; a recuperação de períodos de seca em alguns países, deve contribuir para o resultado.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, prevê uma grande produção de grãos, trigo e arroz em 2013. 

Segundo a FAO, a colheita global de trigo deve atingir 695 milhões de toneladas. O resultado é 5,4% maior do que o registado no ano passado e pouco menos do que o recorde atingido em 2011.

Seca

A agência da ONU disse que a produção geral de grãos, excluindo trigo e arroz, deve bater recorde com 1,2 mil milhão de toneladas. Este número é quase 10% a mais do que a melhor safra já registrada até agora, com 1,1 mil milhão de toneladas, há dois anos.

Deste total, a colheita de milho corresponde a 960 milhões de toneladas, 10% a mais do que em 2012. Os Estados Unidos, maior produtor de milho do mundo, são responsáveis por este aumento.

A previsão da FAO é de que o país tenha neste ano, a maior colheita de grão desde 1936. A recuperação de períodos de seca em vários países também deve contribuir para o recorde.

Preços

A FAO prevê que a produção de arroz este ano deve chegar a 497,7 milhões de toneladas, 16 milhões a mais do que em 2012. A Índia e a Indonésia líderam no aumento da colheita.

Apesar da previsão de uma subida na produção, a FAO disse que o consumo mundial de cereais deve estagnar no período 2012-2013. As razões para isso são o aumento do preço dos grãos e a inconstante demanda por etanol.

A agência divulgou também nesta quinta-feira o Índice de Preço dos Alimentos de abril, que ficou a 215,5 e subiu dois pontos em relação ao mês de março.

O ligeiro aumento foi influenciado pela subida no preço do leite e derivados. O motivo foi uma queda na produção de leite na Nova Zelândia, o maior exportador mundial de laticínios.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud