Chefe do Unodc destaca inclusão social em visita ao Rio de Janeiro BR

Chefe do Unodc destaca inclusão social em visita ao Rio de Janeiro

Yury Fedotov esteve na comunidade de Pavão-Pavãozinho/Cantagalo, checando os trabalhos de prevenção ao crime e ao tráfico de drogas; ele também teve reuniões com ex-traficantes de droga. 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.* 

O chefe da agência da ONU sobre Drogas e Crime, Unodc, realizou uma visita ao Rio de Janeiro para conhecer o funcionamento da UPP do Pavão-Pavãozinho/Cantagalo, na zona sul do Rio.

Acompanhado por autoridades do governo estadual, Yury Fedotov disse que foi ao Brasil para ver de perto a experiência dos cariocas no combate ao crime organizado e como isso pode ser adaptado a outras regiões do mundo.

Iniciativa

A repórter Damaris Giuliana conversou com Fedotov para a Rádio ONU. Segundo ele, a inclusão social é um aliado chave na luta contra as drogas.

O chefe do Unodc ressaltou que a ideia de integração social, pacificação e criação de modos de vida alternativos pode ser implementada por outros países.

Ele destacou também o trabalho da polícia do Rio e do Governo do Estado na iniciativa.

Ainda na cidade, Yury Fedotov se reuniu com ex-traficantes de droga no trabalho do grupo AfroReggae, com os projetos Comandos e Empregabilidade. A iniciativa promoveu o diálogo entre policiais, ex-criminosos e espectadores sobre os processos de reintegração social.

Mercado de Trabalho

Uma outra proposta visitada pelo chefe da agência da ONU pretende reintegrar ex-prisioneiros ao mercado de trabalho, um projeto liderado por ex-criminosos do Comando Vermelho e do Terceiro Comando. Desde o surgimento da iniciativa, em 2008, foram criados mais de 3 mil postos de trabalho.

Fedotov elogiou a decisão dos ex-traficantes de abandonar o crime e a maneira como a reabilitação deles tem sido feita na sociedade. Ele também parabenizou policiais que participam de projetos educativos de combate ao HIV com crianças.

Nesta quarta-feira, Fedotov embarca para Brasília para se reunir com representantes do governo e firmar um acordo de parceria de combate ao crime em todo o Cone Sul.

*Com reportagem de Damaris Giuliana, do Unic Rio.

*Apresentação: Leda Letra.