Situação da Guiné-Bissau é notícia triste para África, diz Mo Ibrahim

24 abril 2013

Fundação do filantropo premeia líderes que são exemplos de boa liderança no continente; declarações foram feitas à Rádio ONU, após num evento sobre economia e sociedade nas Nações Unidas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O milionário e filantropo africano, Mo Ibrahim, considerou a atual situação da Guiné-Bissau “uma notícia triste” na liderança dos países de língua portuguesa em África.

Ele falava em exclusivo à Rádio ONU, nesta quarta-feira, em Nova Iorque, após participar num evento sobre economia e sociedade nas Nações Unidas.

Guiné-Bissau

Ibrahim disse que o quadro político da Guiné-Bissau é uma notícia triste se comparado ao de Cabo Verde. Nos países de Língua Portuguesa, mencionou Portugal que “não está em boa forma.” O milionário disse que a liderança aparece de forma excecional e pode ser encontrada em outros países ou na África do Sul ou no Botsuana, que podem produzir “líderes maravilhosos.”

Mo Ibrahim é o mentor da fundação que premiou os antigos presidentes de Cabo Verde, Pedro Pires,  e de Moçambique, Joaquim Chissano, com um galardão  atribuído, anualmente, para celebrar exemplos de boa liderança no continente.

A Guiné-Bissau passa por um processo de transição, após um golpe militar ocorrido em abril do ano passado. A ONU está envolvida na busca de uma solução para o país, em coordenação com a União Africana,  bloco regional, Cedeao, e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp.

Prémio

Um valor é de US$ 5 milhões - e um adicional de £ 200 mil por ano - é pago aos vencedores para o resto de suas vidas por terem voluntariamente deixado o poder e que “demonstrem um compromisso com a boa governação.”

Além de Pedro Pires e de  Joaquim Chissano também foi premiado o ex-lider do Botsuana, Festus Mogae.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud