Ban chocado com assassinatos de civis na Nigéria BR

Ban chocado com assassinatos de civis na Nigéria

Secretário-Geral lamentou o alto número de mortos nos confrontos entre forças militares e militantes islâmicos; ele enviou pêsames às famílias e pediu o fim dos ataques.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse que está “chocado e triste” com as notícias de um grande número de civis mortos e de casas destruídas por causa de confrontos ocorridos na Nigéria, durante o fim de semana.

Os conflitos aconteceram na sexta-feira e no sábado, em Baga, no estado de Borno, no norte do país africano. Segundo agências de notícias, 185 pessoas teriam morrido nos combates entre tropas do governo e militantes islâmicos. Mas o exército nigeriano diz que o número de mortos é menor.

Pêsames

Ban enviou pêsames às famílias das vítimas e pediu a todos os grupos extremistas que suspendam os ataques na região.

O Secretário-Geral reiterou sua convicção de “que nenhum objetivo pode justificar o uso da violência.”

O chefe da ONU ressaltou a importância do respeito aos direitos humanos e também para a necessidade de proteger a vida dos civis.

Violência

De acordo com agências de notícias, a cidade de Baga, que fica perto da fronteira com o Chade, foi bombardeada por várias horas na sexta-feira, e 40% da cidade estão completamente destruidos.

Os moradores teriam fugido da área por causa dos combates, e começaram a regressar no domingo com a chegada das tropas do governo.