Perspectiva Global Reportagens Humanas

Unamid anuncia morte de um capacete azul após ataque em Darfur

Unamid anuncia morte de um capacete azul após ataque em Darfur

Incidente teve lugar nas instalações da missão em Muhajeria; área situada no leste da região sudanesa é marcada por confrontos armados entre as forças governamentais e rebeldes.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Um soldado das forças de paz da Missão Conjunta da ONU da União Africana em Darfur, Unamid, morreu e outros dois ficaram feridos num ataque levado a cabo por homens armados não identificados na região sudanesa.

A Unamid disse que ainda não foram identificados os autores do incidente ocorrido, esta quinta-feira, perto das suas instalações em Muhajeria, no Darfur Leste.

Responsáveis

Em nota, a missão disse que está a investigar os acontecimentos que envolveram o incidente e, ao mesmo tempo, trabalha em coordenação com o Governo do Sudão para garantir que os responsáveis sejam levados à justiça.

A Unamid lembrou que “qualquer ataque contra as forças de paz internacionais é um crime sob a lei internacional.”

Confrontos

A cidade de Muhajeira é marcada por confrontos entre as forças governamentais e rebeldes. Esta semana, a missão informou que cerca de 18 mil civis estão concentrados em torno das suas instalações da área e de Labado, desde o início dos combates a 6 de abril.

Num encontro com o ministro sudanês do Interior, Ibrahim Hamid, o chefe da Unamid, Mohamed Ibn Chambas, pediu  atenção governamental para a situação humanitária nas duas áreas.

Assistência

A reunião também foi marcada por um apelo com vista ao acesso de comboios de assistência humanitária aos civis que foram obrigados a deixar as suas casas e estão necessitadas.

Ao governo do Sudão, a missão também pediu que seja evitada a perda de civis e a destruição de propriedades, após ter  restabelecido o controlo sobre as áreas.

*Apresentação: Denise Costa.