Ban aplaude reinício da produção de petróleo sul-sudanês

13 abril 2013

Produto deve ser exportado através do Sudão;  Secretário-Geral da ONU diz que medida marca progresso na normalização das relações entre as duas nações; Omar al-Bashir na primeira visita ao Sudão do Sul quase dois anos após independência.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral das Nações Unidas saudou a retomada da produção de petróleo no Sudão do Sul. O produto deve transitar para ser exportado através do Sudão.

Em nota, Ban Ki-moon disse que a medida era um importante sinal de progresso na normalização das relações entre os países, após a criação da Zona Desmilitarizada Segura ao longo da fronteira comum.

Carregamento

Agências noticiosas anunciaram que no princípio deste mês o mais novo país do continente retomou a produção, interrompida há mais de um ano. De acordo com relados dos média, o primeiro carregamento deve chegar no próximo mês à terminal de Port Sudan, na costa oeste do Mar Vermelho.

Ainda segundo as agências, nesta sexta-feira, o presidente sudanês,  Omar al-Bashir deu ordens de abertura das fronteiras com o Sudão do Sul durante uma visita ao país vizinho.

Relações

Na primeira deslocação de al-Bashir desde a independência sul-sudanesa, em 2011, o líder também pediu a paz e a normalização das relações bilaterais ao seu homólogo do Sul, Salva Kiir.

Ban disse ter sido encorajado tanto pelo diálogo positivo como pela discussão construtiva sobre a implementação dos acordos de Adis Abeba, para os quais pediu que seja mantida uma dinâmica positiva.

Relações Económicas

O entendimento, assinado a 27 de setembro do ano passado, incluiu temas sobre a segurança, a fronteira comum e as relações económicas.

Além dos confrontos armados ao longo da fronteira comum, a ONU destaca a necessidade de dialogar sobre questões pendentes acerca do período pós-independência do Sudão do Sul. Os temas incluem o controlo da área de Abyei, rica em recursos minerais e disputada entre as duas partes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud