A luta pela sobrevivências de crianças em Angola

11 abril 2013

Não se pode distinguir a luta contra as diarreias e a pneumonia do combate contra a pobreza e o desenvolvimento, referiu o representante do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, em Angola.

Em entrevista à Rádio ONU, de Luanda, Koenraad Vanormelingen, falou do contexto do país africano onde a aposta vai para a divulgação de competências familiares. O objetivo é proteger a criança das duas doenças que, juntas, são a segunda causa de morte infantil no país africano.

Em parceria com a Organização Mundial da Saúde, OMS, o Unicef lançou uma estratégia global de combate às duas doenças que prevê reduzir o número de mortes em 75%, até 2025.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 4:43".

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud