Ban quer determinação dos países para fechar Tratado de Armas
BR

27 março 2013

Secretário-Geral diz que negociações estão numa “conjuntura crítica”; conferência termina nesta quinta-feira.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu determinação aos países para que fechem um acordo na Conferência sobre o Tratado do Comércio de Armas.

Ban quer que os participantes firmem um documento, que estabeleça um novo padrão para o comércio internacional de armas convencionais.

Negociação

O porta-voz de Ban, Martin Nesirky, disse que as negociações estão numa conjuntura crítica.

Mais de 2 mil representantes de governos, organizações internacionais e regionais e da sociedade civil, estão reunidos na sede da ONU, em Nova York. O processo está sendo coordenado pelo embaixador australiano, Peter Woolcott.

Ban pediu aos países-membros que trabalhem para fechar as lacunas que existem, atualmente, nas regulações do comércio de armas. O Secretário-Geral afirmou que o que eles têm a fazer é concordar com uma nova série de padrões globais que vão fazer a diferença.

Reunião

A última reunião sobre o Tratado terminou sem consenso, em julho passado. Ban classificou o resultado como uma “desgraça”. Estima-se que o comércio de armas movimente US$ 70 bilhões, equivalentes a R$ 140 bilhões.

Todo o comércio internacional de produtos é regulado, mas nenhum padrão global de controle existe, até hoje, em relação às armas.

A falta de regulação pode gerar a transferência de armamentos entre forças do governo ou desvio de armas para mercados ilegais, que acabam parando nas mãos de criminosos, gangues e terroristas.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud