Onusida apoia plano de US$ 120 milhões contra tuberculose e HIV na Sadc

21 março 2013

Nova iniciativa visa apoiar o alcance metas de redução pela metade das mortes por tuberculose; plano prevê avanços contra as infeções nos próximos mil dias.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O diretor executivo do Programa Conjunto da ONU sobre o HIV/Sida, Onusida, Michele Sidibé, pediu um novo impulso aos líderes africanos com vista a acelerar o progresso no combate à tuberculose e ao vírus.

Um pacote de novos investimentos no valor de mais de US$ 120 milhões, com vista a estimular avanços contra as infeções nos próximos mil dias, foi oficializado, nesta quinta-feira, em Mbabane, na Suazilândia.

Redução

A iniciativa envolve nações da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, Sadc. O objetivo é alcançar as metas internacionais de redução pela metade das mortes devido à tuberculose e da doença associada ao vírus HIV, até 2015.

Sidibé disse haver possibilidade de conter as duas infeções, através da adoção da tolerância zero para sistemas paralelos da tuberculose e do HIV.

Lacunas

Nas vésperas do lançamento, o representante tomou parte numa reunião sobre o tema com líderes africanos do setor de saúde e de organizações internacionais na cidade sul-africana de Joanesburgo.

Para Sidibé, sem resolver as lacunas de financiamento e os focos, tanto do vírus que provoca a Sida como da tuberculose, a África Subsaariana estaria perante um desastre com o agravar de ambas as infeções resistentes a medicamentos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud