Conflito sírio dita aumento de candidatos a asilo em países industrializados

21 março 2013

Acnur defende que em 2012, o país passou de 15º. para o segundo da lista das nações de origem dos requerentes do estatuto

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado da ONU para Refugiados, Acnur, refere que o conflito na Síria provocou um aumento dos pedidos de asilo nos países industrializados.

A agência estima que 24,8 mil sírios requereram asilo no grupo de nações, no que corresponde a um aumento de 191% relativamente a 2011. As informações constam do estudo “Tendências de Asilo do Acnur 2012”, lançado esta quinta-feira, em Genebra.

Distinção

Ao anunciar os dados, o Acnur aponta a necessidade de distinguir os requerentes de asilo do 1,1 milhão de sírios que receberam o estatuto de refugiado nos países vizinhos e esperam regressar à casa.

O relatório destaca a permanência do Afeganistão como o principal país de origem dos requerentes de asilo com 36,6 mil candidatos, 400 a mais em relação ao ano anterior.

Destino

A nível regional, a Europa foi o principal recetor de pedidos em 2012, com 355,5 mil requerentes em 38 países. A Alemanha destaca-se como destino de grande parte de novos candidatos, seguida pela França e pela Suécia.

Em termos de países, os Estados Unidos foram os maiores recetores de pedidos, com 83,4 mil, sendo a maioria proveniente da China, do México e de El Salvador.

Em 2012, o aumento de candidatos a asilo nos países industrializados foi na ordem de 8%, devido a conflitos igualmente registados no Iraque e na Somália.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud