Brasil doa 2 mil toneladas de arroz para Uganda através do PMA
BR

20 março 2013

Valor está avaliado em US$ 1 milhão; alimento será suficiente para beneficiar mais de 150 mil refugiados que vivem no país.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Brasil doou, esta quarta-feira, 2 mil toneladas de arroz para Uganda. A entrega foi anunciada pelo Programa Mundial de Alimentos, PMA, na capital ugandesa, Kampala.

De acordo com a agência, cerca de 155 mil refugiados recém-chegados da República Democrática do Congo devem ser beneficiados ao longo dos próximos meses. O país também acolhe cidadãos do Sudão do Sul, de Ruanda e do Burundi.

Cooperação Sul-Sul

Esta é a primeira contribuição brasileira para Uganda, avaliada em US$ 1 milhão, equivalente a R$ 2 milhões.

O diretor do PMA no país africano, Sory Ouane, realçou as vantagens da Cooperação Sul-Sul no “desenvolvimento de recursos dos países para o benefício mútuo.”

Solidariedade

Por outro lado, o responsável de Negócios do Brasil em Uganda, Antônio Ricarte, destacou que o compromisso de cooperação humanitária internacional “tornou-se a pedra angular da solidariedade brasileira na última década”.

Durante o período, a ajuda seguiu para mais de 50 países, principalmente na África e na América Latina. Ele disse ainda que, desde 2011, o Brasil contribuiu com mais de 300 mil toneladas de cereais para 35 países em situação de insegurança alimentar.

De acordo com o PMA, o país aumentou as contribuições anuais para a agência de US$ 1 milhão em 2007, para US$ 82 milhões em 2012.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud