Etiópia firma memorando para combater tráfico humano
BR

19 março 2013

Projeto de parceria com a OIM será implementado num prazo de dois anos; meta é proteger as vítimas e punir os responsáveis.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Internacional para Migrações, OIM, e o governo da Etiópia firmaram um Memorando de Entendimento para combater o tráfico humano.

O projeto será implementado num prazo de dois anos e vai ter como objetivo proteger as vítimas e punir os responsáveis pelo crime no país.

Compromisso

Na cerimônia de assinatura, o ministro do trabalho etíope, Abdulfatah Abdullahi, disse que o governo está empenhado em agir ativamente no setor de migração e no combate ao tráfico de pessoas.

Ele realçou a necessidade de aumentar os esforços de esclarecimento da população sobre esse tipo de atividade, no país inteiro.

Apoio

O chefe da OIM na Etiópia, Josiah Ogina, afirmou que a agência está pronta para apoiar o governo no combate ao tráfico humano.

O projeto da organização tem como meta fortalecer as capacidades do legislativo e judiciário para processar os criminosos. Além disso, o memorando vai ajudar na identificação, proteção e na assistência às vítimas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud