OIM reafirma apoio para combate ao tráfico humano na Etiópia

OIM reafirma apoio para combate ao tráfico humano na Etiópia

Iniciativa deve reforçar capacidades do legislativo e judiciário para instaurar processos contra os envolvidos na prática; autoridades do país africano destacam necessidade de aumento de esforços de esclarecimento da população.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*    

O representante da Organização Internacional para Migrações, OIM,  na Etiópia, Josiah Ogina, manifestou prontidão da agência em apoiar o governo no combate ao tráfico humano.

Nesta segunda-feira, as autoridades etíopes e a OIM assinaram um memorando que prevê o reforço das capacidades do legislativo e judiciário para instaurar processos contra os envolvidos na prática.

Proteção

O memorando também deve ajudar na identificação, proteção e na assistência às vítimas, defende a a agência.

O projeto, a ser implementado em dois anos, tem como objetivo proteger as vítimas e punir os responsáveis pelo crime no país.

Combate

Na cerimónia de assinatura, o ministro do trabalho etíope, Abdulfatah Abdullahi, disse que o governo está empenhado em agir ativamente no setor de migração e no combate ao tráfico de pessoas.

Ele realçou a necessidade do aumento dos esforços de esclarecimento da população sobre o tipo de atividade, no país inteiro.

*Apresentação: Eleutério Guevane.