Ban reafirma-se disponível para ajudar na questão de Ilhas Malvinas ou Falklands

Ban reafirma-se disponível para ajudar na questão de Ilhas Malvinas ou Falklands

Secretário-Geral respondia a questões sobre o referendo que decorreu a 11 e 12 deste mês; agências noticiosas apontam que m participantes votaram na consulta a favor da continuidade como território ultramarino britânico

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU reafirmou a disponibilidade de oferecer os seus bons ofícios à Argentina e ao Reino Unido, caso ambas as partes se envolvam na questão das Ilhas Malvinas ou Falklands.

O pronunciamento consta da nota emitida pelo porta-voz de Ban Ki-moon, em resposta a questões de jornalistas acerca do referendo que decorreu na segunda e terça-feira.

Administração

De acordo com agências noticiosas, mais de 90% dos participantes votaram pela continuidade da administração britânica, na consulta sobre o território do Atlântico Sul habitado por cerca de 2,9 mil pessoas.

Entre abril e junho de 1982, a Argentina e o Reino Unido estiveram envolvidos na Guerra das Malvinas, que durou 10 semanas.