Libertados os 21 boinas azuis da ONU que estavam detidos nas Colinas de Golã
BR

9 março 2013

Em nota, Secretário-Geral agradece esforços que permitiram a libertação segura dos soldados da Undof; eles foram presos dia 6, em Al Jamla.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU saudou, neste sábado, a libertação dos 21 boinas azuis da Força Observadora de Desengajamento, Undof.  Eles haviam sido detidos em 6 de março nas Colinas de Golã. A captura ocorreu nas proximidades de Al Jamla, na área de limitação entre Israel e Síria.

Em nota, Ban Ki-moon agradeceu aos esforços de todos os envolvidos em garantir que a libertação do grupo ocorresse com segurança. O Secretário-Geral destacou a imparcialidade de todos os soldados de paz da ONU.

Respeito

Ban Ki-moon pediu ainda respeito à liberdade de movimento da Undof e à segurança de seus integrantes, além da garantia da proteção dos civis da região.

A Undof é a força da ONU responsável por monitorar um  acordo de desengajamento entre Israel e Síria, criado em 1974. Os 21 boinas azuis teriam sido capturados na quarta-feira por elementos armados da oposição síria.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud