Ban Ki-moon aborda eleições gerais quenianas com presidente Mwai Kibaki

27 fevereiro 2013

Em conversa telefónica com o líder do Quénia, Secretário-Geral elogiou pelos esforços para o reforço da democracia e do sistema eleitoral; votação decorre esta segunda-feira.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral das Nações Unidas manifestou a esperança de que o trabalho conjunto de todos os quenianos venha a garantir a realização de eleições gerais pacíficas e credíveis.

Ban Ki-moon teve, esta quarta-feira, uma conversa telefónica com o presidente do país, Mwai Kibaki, na qual abordou o pleito da próxima semana.

Participação

Uma nota publicada pelo porta-voz do Secretário-Geral, em Nova Iorque, apela aos cidadãos do país africano que exerçam o seu direito democrático e participem de forma ativa e pacífica no pleito.

O chefe da ONU ressaltou ainda  a necessidade de os líderes quenianos, a todos os níveis, respeitarem os mecanismos legais comunicando claramente aos apoiantes que qualquer tipo de violência é inaceitável.

Mortes

A votação da próxima segunda-feira, segue-se ao pleito de dezembro de 2007, marcado pela violência pós-eleitoral. Mais de 1,1 mil pessoas foram mortas devido aos atos, que também fizeram 3,5 feridos e 600 mil deslocados.

Ban Ki-moon também manifestou o seu apreço pelos esforços empreendidos com vista ao reforço da democracia e do sistema eleitoral do país, após as últimas eleições gerais.

Respeito

O representante da ONU disse esperar que os esforços feitos para evitar a repetição da violência sejam redobrados durante o resto da campanha eleitoral. Ban realçou a importância do respeito da independência do poder judicial e da autoridade da Comissão Eleitoral.

Tendo em vista uma campanha eleitoral pacífica e tolerante, os líderes políticos quenianos também foram exortados a rejeitar a retórica inflamatória, a violência ou ações fraudulentas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud