Sahel: batalha contra fome ainda não está ganha

20 fevereiro 2013

A chefe a chefe do Setor de Emergência da Organização da ONU para a Agricultura e Alimentação, FAO, Cristina Amaral, avalia a situação humanitária no Sahel, um ano após ter sido declarada a crise alimentar na região que integra oito países de África.

Nesta conversa com a Rádio ONU, de Roma, a representante aborda a cooperação Sul-Sul, a iniciativa dos países africanos para deter a crise e destaca o contributo brasileiro no Níger e do Senegal, também afetados pelo fenómeno.

A insegurança alimentar ainda afeta cerca de 200 mil deslocados internos. Amaral destaca, igualmente, a ligação entre a fome e a segurança na região, ao falar da necessidade de restabelecer a segurança no Mali.

Acompanhe a entrevista a Eleutério Guevane.

Tempo total: 9’13”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud