Quénia terá primeiro centro de Energia Limpa da África Subsaariana

20 fevereiro 2013

Instalação é a primeira de uma série de centros multifuncionais que utilizam energia verde; objetivo é oferecer a população local acesso a serviços básicos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos, UN-Habitat, iniciou a construção de um Centro Multifuncional de Energia Limpa, em Kibera, no Quénia.

A instalação, que conta com o financiamento da Agência de Desenvolvimento Internacional da Dinamarca, Danida, é a primeira de uma série a ser construída em várias cidades da África Subsaariana.

Comunidade

Segundo o UN-Habitat, o objetivo é permitir  o acesso da população local a serviços básicos como sanitários, combustível para cozinha incluindo o gás além da energia elétrica.

Os recursos serão utilizados pelas 415 crianças do Centro Escolar Comunitário St. Christine, onde o edifício está a ser construído, e também, vai ser oferecido à comunidade.

Serviços

A ideia da agência da ONU é que as instalações do Centro Multifuncional possam gerar renda para a escola. Uma taxa simbólica será cobrada à população para o uso dos serviços.

No estabelecimento, também estarão disponíveis uma sala de computadores e uma de energia solar além de um auditório. O biogás produzido pelo centro vai substituir a madeira e o carvão utilizados para cozinhar.

Além disso, o prédio terá ainda um reservatório de água, a ser  usado pela escola, com uma parte deve ser vendida à comunidade por um preço acessível.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud