Nações Unidas e Banco Mundial abordam apoio aos Grandes Lagos

Nações Unidas e Banco Mundial abordam apoio aos Grandes Lagos

Na sede da ONU, o Secretário-Geral e Jim Yong Kim discutiram progressos na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio; encontro seguiu-se a contactos entre Ban Ki-moon e líderes da região africana.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As oportunidades de reforço da cooperação entre as Nações Unidas e o Banco Mundial na região africana dos Grandes Lagos foram abordadas num encontro entre o Secretário-Geral da ONU e o presidente do órgão.

Na reunião, ocorrida esta terça-feira, em Nova Iorque, Ban Ki-moon e Jim Yong Kim discutiram também os progressos na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento do Milénio até 2015.

Crise

O encontro seguiu-se aos contactos mantidos entre o Secretário-Geral e líderes da região africana, com vista à busca de uma solução duradoura para o conflito no leste da República Democrática do Congo, RD Congo.

Na série de reuniões, ocorrida  à margem da Cimeira da União Africana, Ban reafirmou o compromisso da organização de apoiar o país nos desafios restantes. O Secretário-Geral falou com os presidentes da RD Congo, Joseph Kabila,  do Ruanda, Paul Kagame, e do  Uganda, Yoweri Museveni.

Financiamento

Com o chefe do Banco Mundial,  Ban abordou igualmente o processo de elaboração da agenda de desenvolvimento pós-2015. A nota, emitida pela ONU, refere que atenção especial foi dedicada ao financiamentos com vista ao desenvolvimento e aos desafios das alterações climáticas.

Ainda em Nova Iorque, o presidente do Banco Mundial participou no Conselho Diretivo do Fundo da ONU para a Infância, Unicef, onde se referiu à evolução consistente da parceria com o órgão nos últimos cinco anos.

Ambas operam em 103 países, apoiando programas comunitários para o setor da educação, nutrição, saúde e acesso à água potável. As iniciativas envolveram US$ 944 milhões concedidos à agência da ONU