Comissão da ONU compensa vítimas da invasão do Iraque ao Kuwait

24 janeiro 2013

Comissão da ONU diz que pagamento eleva para US$ 40,1 mil milhões o total de desembolsos; fundo é financiado por uma parte de receitas geradas pelas vendas de derivados e exportação de petróleo iraquiano.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque

A Comissão de Compensação da ONU, Uncc, disponibilizou US$ 1,3 mil milhões para dois reclamantes que sofreram perdas devido à invasão do Iraque ao Kuwait, em 1990.

O pagamento às reivindicações aceites é feito por um montante proveniente do Fundo de Compensação da ONU, financiado por uma parte de receitas geradas pelas vendas de derivados e da exportação de petróleo do Iraque.

Reclamações

Com a medida, anunciada esta quinta-feira, a Comissão defende que o montante eleva para US$ 40,1 mil milhões, o valor pago a mais de 1,5 milhões reclamações.

Cerca de 12,3 mil milhões devem ser pagos pelo mecanismo em seis categorias que envolvem indivíduos, empresas, governos e organizações internacionais.

Produção

Outras duas reclamações receberam indemnização por danos aos bens de campos petrolíferos do Kuwait, incluindo poços, oleodutos, equipamentos e perdas associadas à produção e venda no período entre 1999 e 2000.

Criada em 1991, a Comissão é um órgão subsidiário do Conselho de Segurança. Quase três milhões de reivindicações foram recebidas, incluindo cerca de 100 governos, seus cidadãos ou empresas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud