Ban aborda conflito maliano na Cimeira da União Africana

24 janeiro 2013

Parceiros africanos e internacionais devem participar nos contactos em Addis Abeba; Secretário-Geral participa no evento regional a decorrer este fim de semana.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, discute a situação no Mali na Cimeira da União Africana a ter lugar, este fim de semana, na capital etíope, Addis Abeba.

De acordo com as Nações Unidas, os contactos devem incluir parceiros africanos e internacionais.

Transição

Na capital maliana, Bamako, decorrem discussões multilaterais com vista à definição de um roteiro de transição que inclui o processo de reconciliação. A missão é dirigida por João Honwana, da Direção de Assuntos Políticos das Nações Unidas.

Esta semana, Ban Ki-moon enviou uma carta ao Conselho de Segurança, na qual descreve uma série de opções com vista ao  apoio logístico para a presença da ONU no país da África Ocidental.

Preocupações

Na mensagem constam preocupações relativas à capacidade, aos direitos humanos no país,  a segurança do pessoal e instalações da organização.

A 29 de Janeiro, a União Africana realiza uma conferência de doadores que deve mobilizar fundos para as autoridades malianas e a força internacional de apoio ao país, liderada pelo bloco.

O Mali é marcado por confrontos entre as forças governamentais e os rebeldes tuaregues, iniciados há um ano. Os combates surgiram na sequência da tomada do norte pelas milícias islamitas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud