Mais de US100 milhões destinados a crises negligenciadas, aponta ONU

21 janeiro 2013

África com oito nações do grupo de 12 crises; montante será aplicado em operações com refugiados sarauís, na Argélia, até ao reforço de programas humanitários na Eritreia.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas anunciaram, esta segunda-feira, a atribuição de cerca de US$ 100 milhões para impulsionar operações de emergência sub-financiadas.

Oito países africanos compõem o grupo das consideradas 12 crises, “selecionado com base na gravidade das necessidades humanitárias e da avaliação dos níveis de financiamento.”

Conflitos

Trata-se da Argélia, do Burundi, do Djibuti, da Eritreia, da Etiópia, da Libéria, do Sudão e do Uganda, que se juntam a países como Haiti, Iémen, Afeganistão e Coreia do Norte.

O montante do Fundo Central de Resposta de Emergência, Cerf, será aplicado, maioritariamente, no financiamento de conflitos e de desastres naturais.

Disparidades

De acordo com a subsecretária-geral para Assuntos Humanitários, Valerie Amos, milhões de pessoas continuam a precisar de ajuda, em todo o mundo, após as crises em que estão envolidos terem deixado de merecer a atenção dos media.

A também Coordenadora de Ajuda de Emergência da ONU disse contar, igualmente, com o auxílio de governos para apoiar os afetados pelo que chamou “situações de emergência ocultas.”

Financiamento

Amos explicou que o montante do Cerf visa equilibrar disparidades de financiamento em emergências já instaladas, com destaque para as consideradas “negligenciadas".

Em África foram citados os exemplos da operação com refugiados sarauís, na Argélia, e os US $ 3 milhões concedidos para fortalecer programas na Eritreia.

Com US $ 17 milhões para apoiar pessoas vulneráveis, o Afeganistão beneficia da maior fatia do montante. A ONU defende que, no ano passado, o país obteve menos de metade dos fundos para programas humanitários.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud