Organizações internacionais pedem políticas públicas amplas no México BR

Organizações internacionais pedem políticas públicas amplas no México

BID, Banco Mundial, Cepal e Ocde querem que o presidente Enrique Peña Nieto crie programas de desenvolvimento que beneficiem todos os mexicanos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Organizações internacionais querem que o novo presidente do México implemente políticas públicas de desenvolvimento inclusivo  no país.

O pedido foi feito pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, BID, e pelo Banco Mundial, numa reunião com Enrique Peña Nieto.

Participaram também do encontro, a Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe, Cepal, e a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico, Ocde.

Objetivo

O objetivo das instituições foi mostrar ao presidente como impulsionar políticas públicas que possam contribuir para gerar um desenvolvimento para todos os mexicanos.

Peña Nieto afirmou, depois da reunião, que existem muitas coincidências entre as propostas de seu governo e as feitas pelo grupo.

Crescimento

Na abertura do Foro México 2013, o líder mexicano disse que seu país não tem progredido o suficiente mas que tem condições de avançar com taxas de crescimento muito maiores. Segundo ele, o México deve aproveitar todo o seu potencial.

O presidente do BID, Luis Alberto Moreno, disse, no evento, que todos concordam que o México tem de utilizar todo os recursos que tem para gerar um crescimento inclusivo e de igualdade.

Máquina

O vice-presidente do Banco Mundial para a América Latina e o Caribe, Hasan Tuluy, declarou que o país pode se transformar na nova máquina de crescimento regional.

A secretária-executiva da Cepal, Alicia Bárcena, disse que a preocupação não é só com o crescimento econômico, mas fundamentalmente político.

Mudanças

O secretário-geral da Ocde, Angel Gurría, declarou que “o México está propondo uma agenda de mudanças muito ambiciosas e tomando decisões consideradas transcendentes.”

A meta do “Foro México 2013” é apoiar a sociedade e o governo mexicanos na definição de políticas públicas que possam gerar um crescimento sustentável e abrangente considerando a desigualdade e suas causas.