Clip: experiência de uma trabalhadora doméstica no Rio de Janeiro

Clip: experiência de uma trabalhadora doméstica no Rio de Janeiro

Relatório da Organização Internacional do Trabalho, OIT, publicado nesta quarta-feira revela que mundo tem 52 milhões de empregados domésticos.

O país com o maior número de profissionais neste setor é o Brasil, com 7,2 milhões, seguido da Índia com 4,2 milhões e da Indonésia com 2,4 milhões.

Acompanhe a conversa de uma doméstica, no Rio de Janeiro, com Mônica Villela Grayley.

Segundo ela, que trabalhou numa casa oito anos, tudo começou a mudar, após ter anunciado que teria de deixar de ir todos os dias para se tornar diarista, três vezes por semana, devido a uma lesão nas costas.

Ao ser demitida sem ter todos os direitos respeitados e pagos, ela concluiu que “não adiantava lutar”.

“Conversei com ela para ir três vezes na semana. Assim podia fazer meu tratamento e ganhar meu dinheiro. Aí, o que acontece? Trabalhei uma semana quando chegou na outra, ela me disse que eu tinha problemas de saúde, e que aquele era o meu pagamento e que ia ser dispensada.”

“Eles podiam ter entendido porque eles estão vendo que a empregada doméstica tem os seus direitos. Mas como ela falou que o genro era juiz e o filho advogado, então quem sou eu, uma empregada doméstica?”

Duração: 2:38”