Entrevista: José Ramos Horta

4 janeiro 2013

O prémio Nobel da Paz, Ramos Horta, assume o cargo de representante especial do Secretário-Geral da ONU para a Guiné-Bissau com a missão de mediar os conflitos no país.

Em entrevista à Rádio ONU, de Lisboa, Horta falou sobre como será seu trabalho e como irá lidar com as diferentes culturas, religiões e tribos no processo de entendimento no país africano.

Ele aborda também o papel das organizações internacionais que apoiam a estabilizaçao da nação, onde no ano passado ocorreu um golpe militar.

Acompanhe a primeira parte da entrevista com Eleutério Guevane.

Tempo total: 11’ 08”