OIM cessa operação de apoio a milhares de deslocados na RD Congo

28 dezembro 2012

Durante quatro dias, a agência distribuíu artigos no acampamento de Bulengo, um dos maiores assentamentos espontâneos das províncias do Kivu Norte e Kivu Sul

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A Organização Internacional para as Migrações, OIM, concluiu uma operação de distribuição de artigos para cerca de 6,5 mil famílias deslocadas no leste da República Democrática do Congo, RD Congo.

A ação decorreu em quatro dias no acampamento de Bulengo, um dos maiores assentamentos espontâneos que alberga milhares de pessoas provenientes das províncias dos Kivu Norte e Kivu Sul.

Condições Precárias

De acordo com a agência, nos últimos dois meses o local recebeu cerca de 35 mil desalojados que vivem em condições precárias.

O fluxo resultou de confrontos que marcaram a região como parte da ofensiva dos rebeldes do M23, que culminou com a ocupação da capital do Kivu Norte, Goma. Mais de 130 mil deslocados resultaram da ação, condenada pelas Nações Unidas.

Famílias

Os itens não-alimentares incluem plásticos, colchonetes, cobertores, sabão, utensílios de cozinha, higiene feminina, enlatados, roupas e bacias de água.

A operação integrou a campanha que envolveu várias agências das Nações Unidas e seus parceiros para ajudar milhares de famílias desabrigadas na região.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud