ONU reafirma sucesso da missão em Timor-Leste, a dias do fim

19 dezembro 2012

Conselho de Segurança reservou momentos iniciais da sessão de trabalhos para elogiar progressos do país; Secretário-Geral realça final da Unmit como um dos acontecimentos positivos de 2012.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança aplaudiu Timor-Leste pela colaboração com a Missão da ONU no país, Unmit, desde que foi criada em 2006.

Os momentos iniciais da sessão de trabalhos do órgão, nesta quarta-feira, foram reservados ao  país, que a 31 de Dezembro marca o fim da presença da missão a pedido das autoridades timorenses.

Acontecimento Positivo

Por seu turno, o Secretário-Geral realçou o final da Unmit como um dos acontecimentos positivos do ano. Ban Ki-moon falava num encontro de balanço com jornalistas, em Nova Iorque .

A nota do Conselho de Segurança, apresentada pelo embaixador do Marrocos, que assume a presidência rotativa do órgão,  elogia os avanços alcançados no país do sudeste asiático na última década.

Capacidades

Timor-Leste também é enaltecido pelo contributo em iniciativas locais, regionais e globais, onde se destaca o “papel crucial do reforço das capacidades nos setores de segurança, de justiça e de governação na estabilidade.”

O sucesso das eleições presidenciais e parlamentares, realizadas este ano,  foi tido como fator que ajudou a consolidar as instituições democráticas timorenses.

Polícia

O Conselho enalteceu o papel da Unmit pelo reforço da Polícia Nacional de Timor-Leste, bem como a equipa governamental do país. A Unmit foi considerada um dos modelos de colaboração conjunta com outras missões.

Aos 193 países-membros da organização, o Conselho pediu apoio continuado, numa altura que Timor-Leste segue para uma nova fase de cooperação com o sistema das Nações Unidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud