Centenas de mulheres e meninas são vítimas de violência sexual em Goma
BR

18 dezembro 2012

Unicef está fornecendo assistência a 278 mulheres e 117 meninas vítimas de estupro e outros abusos sexuais na província de Kivu do norte, na República Democrática do Congo.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Quase 400 mulheres e meninas sofreram violência sexual durante os recentes confrontos para o controle da cidade de Goma, no leste da República Democrática do Congo.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, informou que está dando assistência a 278 mulheres e 117 meninas vítimas de estupro e de outros abusos sexuais na província de Kivu Norte.

Crianças

A porta voz do Unicef, Marixie Mercado, disse, em Genebra, que a agência da ONU está trabalhando para reunir 751 crianças que foram separadas dos pais por causa do caos que aconteceu com os confrontos armados.

Mercado afirmou que as ONGs que trabalham com o Unicef já conseguiram reunir 84 crianças às suas famílias.

Risco

A porta-voz disse que as crianças, em particular, enfrentam grande risco. As meninas, segundo ela, de sofrerem violência sexual e os meninos de serem recrutados para lutar nos conflitos.

Mercado explica também que o risco de uma epidemia está aumentando na região. Em Kivu Norte foram registrados 650 casos de sarampo, seis vezes mais do que em dezembro do ano passado.

Insegurança

O Unicef alertou ainda que mulheres e crianças nos campos para os desalojados vivem em constante medo de serem atacadas ou de sofrerem violência sexual.

Por causa da insegurança na região de Kivu Norte, mais de mil toneladas de suprimentos de emergência não foram distribuídos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud