ONU envia carta ao governador de Connecticut após mortes em escola
BR

17 dezembro 2012

Ban Ki-moon expressou solidariedade às famílias das vítimas e às pessoas traumatizadas com o que chamou de “crime hediondo.” 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral das Nações Unidas enviou uma carta de pesar ao governador de Connecticut após um ataque numa escola do estado, que deixou 26 mortos, incluindo 20 crianças.

O crime ocorreu na sexta-feira, quando um jovem de 20 anos invadiu a escola primária fortemente armado.

Vários Tiros

Na carta, Ban disse ao governador Dan Malloy que o “ataque a crianças é inimaginável e hediondo.” Ele expressou solidariedade às famílias das vítimas e a todos que ficaram traumatizados com a tragédia.

Segundo a mídia local, as crianças tinham entre cinco e sete anos. Elas foram mortas com vários tiros dentro de duas salas de aula invadidas pelo atirador, que logo depois, se matou, segundo a polícia do estado.

O ataque foi o segundo mais letal a instituições de ensino, e o atentado com o maior número de vítimas numa escola americana.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud