Ban condena escalada da violência na Síria
BR

17 dezembro 2012

Secretário-Geral da ONU alertou que ataques militares indiscriminados ou de forma desproporcional que tenham como alvo civis ou áreas populadas, são considerados crimes de guerra.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

Ban Ki-moon condenou a escalada da violência na Síria e pediu o fim dos ataques.

O Secretário-Geral da ONU alertou que ataques militares que tenham como alvo civis ou áreas populadas são considerados crimes de guerra.

Violência

Ban está preocupado com relatos de assassinatos em massa de civis em Aqrab, perto de Hama, como também, dos lançamentos de mísseis de longo alcançe em algumas regiões do país.

Ele pediu a todas as partes envolvidas no conflito na Síria que suspendam qualquer forma de violência.

O Secretário-Geral lembrou que o país deve cumprir com suas obrigações para proteger a população civil de acordo com a Lei Humanitária Internacional.

Refugiados

Ban agradeceu aos países vizinhos por darem abrigo aos refugiados sírios.

Mais uma vez, ele pediu a comunidade internacional que faça todo o esforço possível para acabar com a violência na Síria.

Bombardeio

Segundo Ban, o contínuo bombardeio realizado por jatos militares e os ataques de helicópteros em áreas populadas estão sendo amplamente documentados.

Um caso de grave preocupação foi, para o Secretário-Geral, a violência que deixou várias vítimas no campo Yarmouk, de refugiados palestinos, perto de Damasco.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud