Ocha receia reedição de cheias de Agosto no Níger

12 dezembro 2012

Escritório anunciou coordenação de operação de auxílio com as autoridades; as mais recentes inundações causaram 100 mortos e desalojaram cerca de meio milhão de pessoas.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, disse haver uma preocupação crescente com o facto de poderem ocorrer inundações similares as de Agosto deste ano, no Níger.

Prevê-se que nas próximas semanas a capital, Niamey e as regiões administrativas de Tillabéry e  Dosso voltem a ser devastadas por cheias. Há quatro meses, as inundações causaram 100 mortos e desalojaram cerca de meio milhão de pessoas.

Socorro

O Escritório anunciou que está a coordenar a operação de socorro e gestão de informação de apoio com o governo.

A Autoridade Regional da Bacia do Rio Níger indicou que o caudal do rio podia chegar aos 5 metros e 30 cm, provocando um alerta de cheias para as áreas baixas.

Transferência

Por outro lado, governantes anunciaram ter identificado um local para abrigar 2 mil famílias e que iniciaram a transferência, no último fim de semana, com o apoio da Organização Internacional para Migrações, OIM.

O processo também é apoiado por agências humanitárias, incluindo ONGs locais e agências da ONU, que oferecem condições de abrigo, distribuição de água e saneamento.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud