Ban pede que Coreia do Norte reconsidere lançamento de foguete

4 dezembro 2012

Secretário-Geral lembra que ação violaria decisão do Conselho de Segurança; documento exige que Pyongyang não realize qualquer lançamento usando tecnologia de mísseis balísticos.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Secretário-Geral disse estar “seriamente preocupado” com o anúncio dos planos de lançamento de um foguete pela Coreia do Norte. Ban Ki-moon “insta vigorosamente” Pyongyang a reconsiderar a decisão.

Em comunicado, o seu porta-voz afirmou que qualquer lançamento constitui violação à resolução 1874 do Conselho de Segurança, que exige que o país não realize qualquer lançamento usando tecnologia de mísseis balísticos.

Satélite

Segundo a media internacional, a agência oficial de notícias norte-coreana anunciou a decisão de lançamento de um satélite entre 10 e 22 de Dezembro, após o fracasso de uma tentativa similar em Abril.

Na última quinta-feira, a Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, manifestou preocupação com o programa nuclear do país ao confirmar a conclusão da obra de um reator de águas leves por Pyongyang.

Tensão

A Aiea anunciou que tem monitorado o processo de enriquecimento de urânio através de imagens de satélite.

O chefe da ONU disse que o lançamento poderia aumentar a tensão na região. Ban exorta a Pyongyang a reconsiderar a decisão e a suspender todas as atividades relacionadas com o seu programa de mísseis balísticos.

O apelo de Ban Ki-moon é que o país restabeleça a sua moratória sobre o lançamento de mísseis, conforme é exigido pelo Conselho de Segurança. O porta-voz apela ao trabalho no sentido de construção da confiança com os países vizinhos e a melhorar a vida do povo da Coreia do Norte.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud