Entrevista: Antônio Divino Moura

28 novembro 2012

O primeiro vice-presidente da Organização Meteorológica Mundial, OMM, explica a importância do alerta feito pela agência, nesta quarta-feira, sobre o derretimento do mar Ártico, que atingiu nível recorde.

De Brasília, Antônio Divino Moura destaca que a temperatura entre janeiro e outubro deste ano foi uma das mais quentes já registradas.

As secas no Nordeste do Brasil são ressaltadas pela OMM como um dos eventos climáticos extremos de 2012, ao lado de furações, enchentes e ondas de calor. Antônio Divino Moura destaca ações feitas no Brasil para ajudar os nordestinos.

O alerta da OMM foi enviado para os participantes da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, COP 18, que ocorre em Doha, no Catar.

Acompanhe a entrevista com Leda Letra.

Tempo: 9’01’’

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud