Ban diz que líderes devem usar sua influência de forma responsável
BR

26 novembro 2012

Secretário-Geral fez referência a líderes políticos e religiosos durante cerimônia em Viena, na Áustria; ele destacou eventos recentes no Oriente Médio e no Mali.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU ressaltou nesta segunda-feira a necessidade de líderes políticos e religiosos usarem sua influência de maneira responsável. Ban Ki-moon afirmou que eventos recentes no Oriente Médio e no Mali reforçaram a importância da promoção do entendimento mútuo a longo prazo.

Ban falou durante a inauguração de um centro para o diálogo intercultural na capital da Áustria, Viena. Também nesta segunda-feira, ele teve encontros com o presidente do país, Heinz Fischer, e o ministro das Relações Exteriores da Áustria, Michael Spindelegger.

Oriente Médio

Segundo seu porta-voz, Ban Ki-moon teria agradecido a contribuição do país com o “maior número de tropas” para a Força de Observação da ONU nas colinas de Golã. A missão na região entre a Síria e Israel, foi inaugurada em 1974, e o seu mandato termina em dezembro deste ano.

O Secretário-Geral destacou o compromisso da Áustria com a missão em continuar na região, apesar do que apontou como “circunstâncias difíceis”.

África

Com o presidente austríaco, Ban Ki-moon  falou do processo de paz no Oriente Médio, destacando o recente cessar-fogo entre Israel e o grupo islâmico Hamas, na Faixa de Gaza.

As situações no Sahel, no Mali, na República Democrática do Congo foram também abordadas nas reuniões em Viena, além do desarmamento, a não- proliferação nuclear e a energia sustentável.

*Apresentação: Leda Letra.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud