Relator da ONU visita Sudão para avaliar situação de deslocados

14 novembro 2012

Chaloka Bevani chega ao país esta quarta-feira para missão de nove dias; na viagem, o perito também deve analisar a questão de refugiados em Darfur.

 

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

Os efeitos da violência política sobre os sudaneses que foram obrigados a  abandonar as suas casas será o tema de uma viagem oficial do relator da ONU ao país.

Chaloka Bevani chega à nação africana esta quarta-feira para uma visita de nove dias. O perito deve visitar deslocados internos também de Darfur,  província que é alvo de um conflito armado desde 2003.

Objetivo

A viagem do relator para o direito dos deslocados internos ocorre a convite do governo sudanês. Em comunicado, o relator disse que “irá analisar a situação dos deslocados com o objetivo de avaliar a questão humanitária em busca de soluções duradouras.”

O relator informou ainda que deve discutir o tema da ratificação da Convenção da União Africana sobre Deslocados Internos em África, conhecida como a Convenção de Campala.

Bevani vai se encontrar com representantes do governo do Sudão, membros da sociedade civil e funcionários da ONU. Uma visita às comunidades afetadas pela violência para ouvir os depoimentos dos deslocados está igualmente agendada.

A deslocação será encerrada com uma entrevista a jornalistas em 22 de Novembro, em Cartum, capital do Sudão. Um relatório sobre o tema será apresentado ao Conselho de Direitos Humanos em 2013.

 *Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud