OMS notificada sobre 97 mortes devido à febre amarela no Sudão

13 novembro 2012

Ministério da Saúde do país confirma surto em 23 localidades e mais de 300 casos suspeitos; agência da ONU apoia resposta e investigação.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

A Organização Mundial da Saúde, OMS, foi notificada pelo governo do Sudão sobre o surto de febre-amarela que atinge 23 localidades no país.

Segundo as autoridades sudanesas, 97 pessoas já morreram e foram registados 329 casos suspeitos.

As regiões central e sul de Darfur são as que mais relataram casos da doença. Duas amostras testadas pela OMS e pelo Instituto Pasteur em Dacar, no Senegal, foram positivas para febre-amarela.

A OMS está a fornecer apoio ao Ministério da Saúde do Sudão na investigação epidemiológica e em resposta ao surto. Entre as ações, estão o fortalecimento da vigilância epidemiológica e padronização dos casos clínicos.

Líderes comunitários também estão a ser mobilizados para levarem a cabo ações de consciencialização sobre a febre-amarela nas localidades afetadas.

O governo também teria pedido apoio para uma campanha de vacinação em massa, tendo sido aprovadas 2,4 milhões de doses que devem chegar ao país em breve. A prioridade serão as populações em risco para evitar o alastramento da doença.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud