Previsão de refugiados na Síria sobe para meio milhão até o fim do ano

Previsão de refugiados na Síria sobe para meio milhão até o fim do ano

Acnur revê em alta a estimativa de pessoas a precisar de ajuda até finais de 2013; agência relata perturbações das operações devido à insegurança.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Alto Comissariado para Refugiados, Acnur, anunciou esforços para apoiar meio milhão de sírios até o fim do ano. O número de refugiados já ultrapassa 400 mil, excedendo os 300 mil anteriormente previstos para finais de 2012.

Falando à imprensa, esta terça-feira, em Genebra, a porta-voz da agência, Melissa Fleming, citou os fatores que limitam a assistência.

Violência

Segundo a representante, o Acnur forneceu ajuda a 59 mil famílias, que receberam pacotes de suprimentos como roupas, cobertores, kits de cozinha e galões. A dificuldade é o alastramento da violência para partes do país que não tinham sido afetadas anteriormente.

Na capital síria, Damasco, as operações foram interrompidas por dois dias na semana passada.

O Acnur também retirou o pessoal em serviço na região de Hassaken, no nordeste. Um camião foi sequestrado e um lote de mantimentos incendiado, após um armazém ter sido atingido.

Assistência

Ainda esta segunda-feira, o governo alemão destinou € 2 milhões para assistência humanitária aos migrantes e os civis atingidos pelo conflito sírio, anunciou a Organização Internacional para Migrações, OIM.

Os beneficiários incluem migrantes que correm o risco de serem vítimas de tráfico humano, idosos e doentes. Migrantes de países incapazes de evacuar os seus cidadãos, especialmente os que não têm representação diplomática na Síria, também serão contemplados.