Furacão Sandy leva Nações Unidas a fecharem a sede nesta segunda-feira
BR

29 outubro 2012

Decisão foi anunciada, na tarde de domingo, aos funcionários e delegações da organização; todos os encontros foram cancelados e fechamento pode se estender pela terça-feira.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas fechou as portas de sua sede em Nova York, nesta segunda-feira, devido à passagem do furacão Sandy pela cidade.

Em um email, enviado na tarde de domingo, o Serviço de Alerta da casa informou o cancelamento de todas as reuniões na sede, e a possibilidae de estender o fechamento até esta terça-feira.

Serviços

Segundo o Governo Americano, a passagem do furacão pela costa nordeste dos Estados Unidos deve afetar até 50 milhões de pessoas.

Centenas de milhares de moradores foram obrigados a deixar suas casas em áreas consideradas de risco em Nova York e no estado vizinho de Nova Jersey.

O sistema de transporte público, que suspendeu seus serviços na noite de domingo, permanece fechado.

Caribe

Em algumas áreas da cidade, o tráfego de carros particulares e táxis também foi proibido.

De acordo com agências de notícias, o furacão Sandy matou cerca de 70 pessoas ao atravessar o Caribe, nos últimos dias. Mais de 50 óbitos foram registrados somente no Haiti.

As escolas de Nova York estão fechadas e algumas emergências de hospitais estão operando com capacidade mínima.

Mais de 7 mil voos foram cancelados por causa das chuvas e dos ventos fortes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud