ONU se diz otimista com proposta de cessar-fogo de um dia na Síria
BR

25 outubro 2012

Vice-secretário-geral Jan Eliasson afirmou que a trégua seria um indicador positivo de que ambos os lados do conflito estariam comprometidos com uma resolução pacífica.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas apelaram à Síria para cumprir totalmente a trégua desta sexta-feira. A proposta para um cessar-fogo de um dia foi feita pelo enviado especial da ONU e da Liga Árabe ao país, Lakhdar Brahimi.

Segundo agências de notícias, o governo sírio e os opositores do presidente Bashar al-Assad aceitaram depor suas armas nesta sexta, quando é comemorado o Eid al-Adha, um dos feriados considerados mais sagrados do calendário islâmico.

Resolução

O vice-secretário-geral da ONU, Jan Eliasson, afirmou em Genebra, que o acordo de trégua, se respeitado, seria um indicador positivo de que ambos os lados do conflito estariam comprometidos com uma resolução pacífica.

Para Eliasson, caso a trégua seja mantida, a busca por uma solução política é a única viável na Síria. Ele afirmou que a ameça de que a crise se espalhe por toda a região já é visível.

Ele voltou a pedir aos países com influência sobre os lados do conflito que pressionem pelo fim da violência e o início do diálogo. 

O vice-secretário-geral afirmou que se o Conselho de Segurança não estiver unido sobre o tema, a postura se traduzirá em fraqueza para o órgão, e também para o Secretário-Geral.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud